terça-feira, 30 de dezembro de 2008

Desejo de Coração




...Impressionantes são as sementes da Bondade e do Amor, pois delas nascem o presente nosso de cada dia...

Obrigado Irmão e Irmã de Caminhada.
Que 2009 seja a prova viva da nossa dedicação, pois as ferramentas estão todas à nossa disposição em cada lugar por onde passamos, em cada inspiração Divina, em cada nascer do Sol, em cada respiração, em cada Sorriso, e em cada Sonho.
Obrigado por sua Amizade e Carinho.
Obrigado por dividir comigo sua própria Paz.
Feliz Ano Novo !!!

domingo, 21 de dezembro de 2008

O Presente Perfeito.


O que Jesus nos deixou

É o que logo renascerá.

São presentes impressionantes, disso ninguém pode negar.

E o que fizeste com o teu presente?

Será a minha a tua a nossa reflexão.

Quando em nossa Casa ele entrar

O que dirás a ele então?

Serão dádivas do teu coração

Pois que dele nada esconderá

Nem a tua, minha própria emoção.

Impressionante como a gente sente

Quando se chega, querido irmão.

Este que a todos compreende

Que saudades desta comunhão...

Natal de preparação, de festa e unção.

Jesus Eterno, amigo, te esperamos...

Com a nossa fé, e o sagrado

Pai nosso em Oração.

terça-feira, 16 de dezembro de 2008

Àquele que tudo vê


Que aqui me deixaste.
Junto de tuas sublimes obras.
Permita-me um vôo tranqüilo.
Deseje-me a leveza de tuas intenções.
Abra meus olhos, e acima, meus braços.
Recebo-te sempre em meus sonhos.
Vivo-o cada um de meus dias.
Recito teus poemas, aqueço-me em teu Céu.
Mas meus olhos são ainda tão pequenos diante de tanta Luz.
E meu caminho tão sinuoso diante de tanto espaço.
Então, eu te peço, repousa tuas bênçãos sobre mim.
Aceita-me à tua volta com todos os meus erros.
Que a tua vontade seja feita, dentro de mim, e em cada um de nós.

Music: Angel

sexta-feira, 12 de dezembro de 2008

Segredos de Olhar...


Muitas pessoas olharão, mas poucas entenderão. Mesmo assim tentarei explicar, como fiz com meu filho mais novo.
Tem pessoas com uma natureza bem agitada, parece até que falta algum parafuso.
Ficam andando de um lado a outro, mal nasce o Sol e ja estão recarregando as baterias.
Se vêem algo novo, logo param e levam para examinar, colecionam todo tipo de novidade, mas passam a maior parte do dia sozinhas se auto-consertando, afinal o terreno é acidentado e a Vida não é nada fácil.
Acham que estão a procura de algo que ja não existe mais, contudo assim foram programadas, e disso não podem fugir.
Não parece, mas são muito corajosas e possuem uma boa inteligência, apesar do hardware durão, só executam programas bons, que lhes foram deixados por alguém realmente bonzinho, acho que propositalmente...
Não pretendem consertar todo o Mundo, mas fazer a parte que lhes cabe da melhor maneira que puderem.
Quem sabe não procuram a mesma coisa, passeando pelos mesmos lugares...

terça-feira, 2 de dezembro de 2008

O Poço da Paciência


Certa vez alguém me falou sobre se ter calma e paciência, incluindo-me na lista dos portadores de tais qualidades. Olhei aquilo com alguma desconfiança, uma vez que trago comigo uma grande dificuldade nesta matéria, contudo naquela hora me veio à mente a nítida imagem que aqui tentarei descrever:

Era um caminho muito longo, de chão batido, que levava a um poço único, cuja água se destacava pelo frescor e pela pureza, mesmo se comparada àquela que cai das montanhas geladas.

Nele, um homem comum caminhava, à mão, um velho balde de madeira.

Por necessidade e desejo, todos os dias seu destino o levava a este oásis de riqueza e simplicidade.

De retorno, já com os pés cansados, trazia consigo precioso líquido, cuja parte perdida regara algumas plantas e matara a sede de uns pequeninos.

Difícil agora imaginá-lo distribuindo entre os seus o pouco que restara, mesmo assim, via-o fazendo com Alegria e Gratidão.

Esta água é como a paciência que naturalmente não tenho, e que tão caro me custa, e em nada se compara a abrir uma torneira e tê-la nas mãos tão rápido quanto se possa dela dispensar.

Tenho comigo o dever buscá-la muito longe, e trazê-la para junto dos meus, de onde matará minha sede, mas também preparará meu Espírito a que compartilhe toda Paz.

Reflita sobre isto antes de perdê-la sem pensar...

E que a Coragem do Mestre Jesus esteja sempre contigo.


Music:Cherry Coloured Funk

Inspirado por Dna Terezinha

Mãe da Andréa, a quem tenho imensa

admiração.

segunda-feira, 1 de dezembro de 2008

Sê, bem que me quer.


Se for Bem que me quer.
Então que o bem me queira...
Se mal me quer.
Separe do tempo, o tempo que semeia.
Sê Bem que se queira...
Deixe o resto no caminho.
Descobre em ti o todo que permeia.
Não ha mal que resista.
Quando o Bem esta pertinho.
Florescendo nesta terra passageira.


Music: Carolyn's Fingers
and Calfskin Smack

domingo, 30 de novembro de 2008

O Estranho


Ele não é aparência, é realidade latente, diante dos olhos no espelho, no passado da Noite, ou no futuro do dia Nascente.
O estranho não é oculto, e nem imperfeito, é a face livre do ser eleito.
O estranho não carece de fé, ele viaja por terras longínquas, vive cada passo sereno, deixando nenhuma trilha que se possa duvidar.
O estranho é que ele te habita, e você se esquece de quem ele é, desvia qualquer olhar, fazendo-se indiferente, como se nele não quisesse estar.
O mais estranho dos seres, este que em você é, que não deixas contar, que não queres abraçar, e por isto não se faz, e nem tão pouco completa, a tua, a minha, ou a nossa Paz.
Não seria ainda tão estranho vê-lo em você, tentando me reconhecer, e mesmo assim, não deixando disso passar.
Perdoe Amigo estranho, se tento de ti falar, é que por vezes te vejo assim, perdido em cada um de nós, e por que dentro de mim há uma vida, e ela renasce no que há de vir, e do que vim passar, concedo-me o direito, de teu nome, em vão, nunca pronunciar.


Music: Celtic Dreams.

quinta-feira, 20 de novembro de 2008

A Cor da Mente


Curiosa mente.
Certa mente...
Impressionante mente.
Coerente, mente...
Suave mente.
Prática mente...
Diária mente.
Sua mente !!!


Music: Celtic Spirit

terça-feira, 18 de novembro de 2008

Voltar a Ver


Um modo diferente de entender e pretender as verdades da vida.
Espaço de tempo compreendido entre duas Felicidades.
Caminho tão curto quanto determinado, ou tão longo quanto amargo.
Não só, volte a ver.
Volte a Abraçar.
Volte a Paz.


Music: Flowers of the Sea

quinta-feira, 13 de novembro de 2008

Deste Nasce


Distante das luzes que distraem e ofuscam, envolto no drama de uma condição singular, resiste o Homem elemento. Só ele pode despertar suas faculdades essenciais. Pensa e deixa-se pensar, passando de estranho próximo, a modelo perfeito. Suporte da Alma Mãe, este que ficou distraído, resistindo sem ser ouvido, nela Servirá.
I
§
I
o---O---o
I
II
I
I
I

quarta-feira, 12 de novembro de 2008

Estranho Presente


De muitas faces
De olhar semente
De tempos idos
De corpo ausente
Te chamo Pai
Te sinto mente
Restando um sopro
Do teu presente
Acordo sonho
Te olho e sinto
Tudo parece
Estar Bem Vindo

sábado, 8 de novembro de 2008

Leve sintonia


A Prece é a respiração da Alma.

Juntos

O Amor e a Prece são mais poderosos do que o destino.

quinta-feira, 6 de novembro de 2008

Sobremim



Todos os Dias eu me encontro.
Todos os Dias me permito perder algo, e dou por certo, encontrar outro.

Sou muito distraído, ainda pouco...

Complico tudo, me deixo louco.
De tanto tentar, e falando nisso, tropeço nas palavras
que
recolho sozinho, de sorriso em sorriso.
..
Tudo isso acontece comigo.
Verbo incontido, sou todo e sou parte, comum semelhança repleta de lembranças.

------§-----
Adorei que tenhas vindo, deixou minha Casa mais Bela.

E em meus pensamentos... sentido.

terça-feira, 4 de novembro de 2008

A prova Imortal


O que pode ser mais imaterial do que a imensa certeza do Mar, ou a revolução dos Ventos e suas correntes? Pensamentos também perseguem limites, mas estes mesmos não resistem em si, e concorrem para a liberdade. Impróprio seria alcançá-los todos, pois finita seria nossa Esperança. O ato de pertencer a algo significante e certo começa de dentro para fora, se assim for, o caminho pode ser infinito, mas a jornada é produtiva e certa, o tempo pode ser impiedoso, mas a permanência é segura, não havendo tensões entre os universos, interior e exterior. A Imortalidade estende-se para ambos, e o Homem passa pela prova inominável do ser circunstancial ao ser causal, em toda a sua plenitude.

segunda-feira, 3 de novembro de 2008

Jardins do Presente





Se veio do Jardim, Semente é.
Se cresce no jardim, Flor é.
Se estende pelo jardim, Beleza é.
Ser parte do Jardim, Amor é.

Todo presente !!!

sexta-feira, 31 de outubro de 2008

Cuida do Belo que ha em ti...



Através de pensamentos e atos previamente escolhidos, surge a beleza expressiva, diferente da beleza natural que acontece sem querer, e que nada pode contra o tempo. A Beleza expressiva é a Alma em ação, ela que veio da pureza da Luz, e para onde deseja retornar. Olhe uma criança por exemplo, é só Beleza, seus olhos brilham como diamantes, seu sorriso encanta, temos saudades de ser assim, de estar assim...de voltar a ser assim. O Amor, a exemplo, só pode crescer no que é belo e luminoso, dito assim pode parecer estranho, mas o ato de Amar é a busca incessante pelo que nos é caro, e que nos falta como medida do complemento. Amamos amar o amor que supostamente não temos, isso causa uma angustia que parece não ter fim. Uma Alma atribulada vai perdendo o Brilho Original, e somente o Amor à sua Beleza Primordial pode reparar este momento. Já uma Alma amável esbanja Beleza, nota-se sua presença, anseia-se por suas palavras, encantam seus suaves movimentos, e esta, por seu desejo, procura unir-se em qualidade e gênero. Por sua nobre natureza, ganhará inúmeros nomes, mas nunca estará sozinha, pois compartilha e sente-se parte de um todo indivisível.

quarta-feira, 29 de outubro de 2008

Pensamento


"Àqueles que cuidam dos vossos pensamentos, também a estes, será dado pensar"

O Segundo Elemento


Escondido entre o Sonho e a Realidade, não é Luz, nem tão pouco se move como ela, mas tem caráter revelador.

Surge da intenção e ganha vida através de quem o retêm.


Ajuda as certezas que desejam instalar-se em nossas Almas e é companhia perfeita para o Amor, que o envolve prontamente assim que o percebe.


Como o Silêncio, não tem voz, mas quebra qualquer barreira estendendo-se pelos campos como jóia dourada. Tento dizê-lo, mas isso não é possível uma vez que esta acontecendo agora, enquanto sussurra um solene pedido.


- "Deixe-me acontecer...
"

sábado, 25 de outubro de 2008

O Signo da Alma




A procura de um caminho que a conduza na direção da Luz maior, a alma humana passa pela tormentosa sala dos espelhos da matéria, sem poder se deter, ela precisa encontrar-se inteira, curar suas dívidas e recompor sua essência. Acompanhada de ilusões cada vez mais complexas que por vezes confundem e atrasam seu caminho, assim mesmo ela leva e deixa suas marcas a cada ciclo. Encontrar-se neles, não significa redenção, e sim, oportunidade de realizar a profunda paz no real sentido do amor!

sexta-feira, 24 de outubro de 2008

Expressão


Olhar condição...
Uma arte aprendida.
Dizendo ao mesmo tempo, espere...
Importando ao mesmo sentido, impressão.
Retratando na liberdade ,ilusão...
Usando nenhuma palavra, só condição

quinta-feira, 23 de outubro de 2008

O Signo das Idéias





A procura do pensamento perfeito, o homem reinventou-se, saiu do estado natural e tornou-se soberano de suas idéias. Sob a Luz de um universo incompreendido, tratou-as como verdades absolutas. Em seguida, percebeu-se julgando a si próprio, e na paixão do seu orgulho jurou defende-las a qualquer custo. De sua obra, indefeso encontra-se. Ausente e impotente discute diante de signos ideais. Vagarosamente entende que sabê-los, não significa poder sobre eles...

A Preparação





Tem coisas que o vento leva...
Outras vêm com a Paz.
Envoltas no papel do Amor, elas encontram por fim um lar... um par um ser, ou um mero olhar.
Mas todas, sem exceção, nos preparam ainda mais, sem que ninguém veja, sem precisar falar...

terça-feira, 21 de outubro de 2008

O Signo da matéria




À procura da essência contida na forma da energia, o homem cegou os olhos da Alma, que na origem pretendia progredir observando plena e harmoniosamente as leis concedidas. As portas da natureza, dos princípios às manifestações, mostraram claramente a ação, o movimento e a cooperação combinados, razão pela qual ela se sustenta sem a presença do homem, que por algum motivo a desgosta sistematicamente.

Sente-se novamente a proximidade entre os Signos Naturais, e suas impressões invisíveis nas Artes e nas Ciências da alma tomam novos contornos. Este sentir pode reintegrar o Homem aos planos mais elevados da Criação.

Terra, Ar, Água e Fogo, sustentam, nutrem, transportam e transformam
a própria evolução, dominá-los não significa "poder criador"




sexta-feira, 17 de outubro de 2008

A Verdade Viva


Uma vez, Deus escondeu um tesouro, e por julgar oportuno, deixou pistas da sua existência. Os homens então, escreveram maravilhas sobre ele, e sobremaneiras de encontrá-lo. Venderam mapas e codificaram partes inteiras do seu interesse, mas continuaram perdidos. Vejo que o tesouro não mudou de lugar, só o nosso jeito de olhar...

segunda-feira, 13 de outubro de 2008

O Ser Eterno...



"O Amor, pela Luz tomou forma.

E desta forma impressionante,
surgiram a leveza e a harmonia
do Ser, Eterno..."

Sentido



"Não tente entender o sentido de tudo, mas faça de tudo para dar sentido às tentativas"

sábado, 11 de outubro de 2008

O papel que nos cabe.


Assim como um livro, nossas vidas vão sendo escritas.
Cada passagem, e cada história deve ser contada com detalhes.
É o papel de cada um, e o "fazer de conta" não faz parte, ou tem propósito.
Como de costume, podemos pedir que algumas pessoas escrevam
trechos em nosso livro da vida, assim como o faremos em retribuição.
Esta forma de contar com o outro, privilegia e celebra a amizade e a compreensão de que não se pode viver só, assistindo sem participar, pois tudo é envolvimento, tudo é trabalho e tudo é escrito nesta obra imortal de cada um.
Cada Vida não comporta representação ou permite ensaio, ela acontece em um único ato, do começo ao fim.

segunda-feira, 6 de outubro de 2008

Saudades


À saudade de um bem maior.
Dela emanam todas as outras...
Saudade inexplicável.
A saudade do que se foi.
A saudade permanente.
A saudade que acompanha a mente.
Da para imaginar como é este lugar.
Onde éramos todos unidos por uma força,
chamada, Amor.
Saudades assim, é bem simples de entender.
É a ausência total da Dor.

terça-feira, 30 de setembro de 2008

Horizonte


Aquele que não nascer
com o dia, não deitara com a noite.

Perderá o céu, e aos poucos...
A própria Liberdade.

Aprisionado em seu mundo pequeno,
vagando entre a matéria, vê-se só.

Distante dos ventos da criação.
Esqueceu-se de quem foi.

Mas uma voz insiste...

Segue a linha que divide o horizonte.
Conhece de perto tua própria Felicidade.

---- § ----

Orpheus

domingo, 28 de setembro de 2008

Tem sempre


Um dia de Glória
.
Um dia de fúria.
Um dia de História
.
E um dia de Amor...
Um Dia de dor.

Um dia de Paz
.
E um Dia a sós.
..
Um Dia pra nós
.

Um Doce Dia...

terça-feira, 23 de setembro de 2008

sexta-feira, 19 de setembro de 2008

Aprendiz


Quero ser Grande como você.
E igualmente generoso.
Quero ser Paciente como você é.
E também Inteligente.
Quero ser Forte como você é.
Mas também quero ser pacífico.
Quero ter a tua sabedoria
para cuidar dos meus semelhantes.
Por que um dia hei de partir.
E só o que quero deixar
são as marcas do meu Amor...

Impressões


A face intima de uma folha branca
encontra o ponto que caminha e para.
Impressões sensíveis no nada aparente.
Lido depressa, não revela... ou fala.
Noutra face, dos sentidos inspira.
E sem ser lido, de um ponto a outro,
o Universo contido, da Emoção separa...

quarta-feira, 17 de setembro de 2008

Logo


Se eu perder

Que seja logo.

Se eu ganhar que seja justo.

Se eu encontrar

que seja para sempre.

Se sou eu, que me

encontres mais...

Simplesmente em Paz...

Águas de Vida


Rios de águas calmas.
Profundas em parte, serenas belezas.
Tocando-se da superfície, à mudança.
O fino espelho ondula procurando a margem oposta.
Do interior surgem a vontade, e o reflexo da paixão.
Naturezas que chamam em correntes passagens e quedas.
É um profundo e constante movimento.
Numa parte que fica, noutra parte que vai.
É o mistério da Vida, meu universo particular.
Um dia nossas águas hão de se encontrar.
Rumo ao mar da certeza, que tudo sabe e tudo vê.
Daí já não há mais margem oposta, é tudo parte e imensidão.



sexta-feira, 12 de setembro de 2008

Oásis


Pedem-me Paz.
E eu lhes mostro caminhos.
Pedem-me riqueza.
E eu lhes deixo conhecimento.
Pedem-me Amor.
Eu lhes mostro o sacrifício.
Pedem-me o céu.
E eu lhes dou a Vida.
Para entender que...
No sacrifício do caminho
esta o conhecimento, e na
riqueza do Amor estão a Vida
e o Céu.
Onde cada uma encontrará a sua
própria Paz.

Distâncias



"Um só segundo separa
uma Vida da Outra"

segunda-feira, 8 de setembro de 2008

A Sombra Pressente


Presságios de um tempo ausente.

Intempéries de um deserto solene.

Roubo à Mente, intenção e pretensão

desabam num silêncio insatisfeito

que ronda e veste.

Caminho e ela, me seguem, separo passo

intenso preciso, me viro, digo.

A esquerda um Norte há.

E Belezas presas no ar.

Inconstante aparente eu só.

Viva Eterna, em seu lugar...

Azul aberto diante de nós.

Bem certo, que nascerá.

Estrela Dia.

Aqueça-me com o teu olhar.



sábado, 23 de agosto de 2008

Piedosa Mente



Promessa, não a faça...
Piedade, não a tenha...
Lembra-te sempre do muito passado.
Se me encontrar em lugar algum:
Disfarça teus serenos pensamentos.
Para que eu não os ouça pequenos.
Segura teu olhar sensato.
Para que eu não o julgue pretenso.
Anda pelo caminho Iluminado.
Revela teu valor em segredo.
Pois só assim estarei ao teu lado.

quinta-feira, 21 de agosto de 2008

As dores de um dia


A Dor da Escolha.

Aquela que suporta a Coragem, sem suspeita, e sem medo.

A Dor da Realidade.

Aquela que olha para todos os lados antes de atravessar, medindo

cada compasso.

A Dor da Impossibilidade.

Aquela que Julga o mérito do presente, pelo esforço do passado.

A Dor da separação.

Aquela que permite abrir Mão do Próximo Passo.

A Dor da Alma.

Aquela que Dói quando vê o semelhante Amado pelos caminhos escolhidos.

A Dor da Dúvida. ( A Perda da Fé... )

A Pior de todas as Dores, questionadora e Implacável.

Aquela que coloca o sistema de crenças em estado de choque.

----§----

Não há Vida sem ela, como não há dor que suporte um novo Dia, pois com ele vão-se todas as horas passadas, ficando tão somente a essência presente no Ar de um novo

Amanhecer.

terça-feira, 19 de agosto de 2008

Caminho à Consciência




Só há uma forma de chegar a Deus ...

O caminho é curto, mas demanda enorme

dedicação, “compreendendo” a distância

entre a Consciência e o Coração.

Amor sem Falta


"O Homem pode sofrer por frio,
enfermidade ou dor, e viver com
isto pelo resto da sua Vida...
Mas morre imediatamente ao ser
impedido de Amar"

domingo, 17 de agosto de 2008

A Caixa Mágica

Ela se abrira somente para algumas pessoas.

Nela, a Magia encontrada...

Música suave, substituindo palavras, gravadas.

Cada ser humano tem a sua, assim como as asas,

guardadas.

As crianças às vêem, também os loucos e os cegos,

assim mesmo, devo usá-las?

A caixa mágica que se abre com o coração.

Com palavras aladas.

Rumo aos céus da Emoção.

Devo usá-las ou não?

domingo, 10 de agosto de 2008

Dois Bens


Como escolher entre dois bens?

Há o que existe sem perguntar.

E outro que pergunta sem existir.

Nos olhos de um, esta a compreensão

do outro...

Separá-los significa perder a Paz...

Desencontrar-se da Vida.



quarta-feira, 6 de agosto de 2008

Hoje perdi um Amigo


E o Céu ganhou um Anjo


No plano físico não mais poderei apertar-lhe as mãos, ou dividir momentos do cotidiano, nem tão pouco aprender lições em meio a sorrisos e belas Histórias, lições de coragem fé e perseverança. Contudo ficam as influências benéficas de suas palavras e a inspiração de suas ações afirmativas, provas mais que suficientes de uma Alma Eterna e cheia de Beleza.
Nossa convivência provou que não é o tempo que faz a diferença, mas a qualidade das idéias e a generosidade da mútua confiança. Sua sensibilidade inata e sua ampla visão de futuro modificaram o meu modo de ver as diferentes perspectivas da Vida, e representam uma Jóia num mundo cheio de desafios para aquele que deseja de coração “Ser Humano”
Seu nome será pronunciado com reverência, para que sua Alma ascenda na Paz e no Amor, para junto da Luz maior do Pai Celestial.

Levarei comigo a imagem de nossa última conversa:

“Você vai vencer, eu sei que você vai vencer...”

Palavras de um VENCEDOR !!!

Siga em Paz João, meu bom Amigo, meu grande irmão.