quinta-feira, 30 de dezembro de 2010

O corpo alma


O corpo toca
O coração bate
Ouve-se a Mente
Faz-se a face!

Ressona Alma
O Espírito pede
O tempo repara
Na emoção
Que precede

Completa-se a prece
Elevando o tom
Respirando harmonia
No canto que toca
O corpo som...

Image: Flor Celeste
Autor: Dino c


quarta-feira, 29 de dezembro de 2010

A conta dos dias


Recomeça a contagem
E partindo os dias contados...sobram...vejamos.
Aqueles somados,que fazem par com a razão.
Os desencontrados, que foram dividindo, quem sabe, pelo perdão.
Porções deles, comemorados com números especiais
Outros marcados como passagem, ou pesados como bagagem
Compassos abertos medindo longitudes, de sol a sol
Eis os dias, que não conhecem os nossos números
Nem nossas peças de paixão.
Contar parece tão simples, mas só conta quem vive
Conta com o outro, que conta com o próximo, que soma
e produz, divide o que se faz pesado, multiplica o resultado
E apresenta...no Coração que conta...
Como conta o coração, ele sim sabe contar
Porque vive dando a vida pra você viver, e o poder...
Pra você Sonhar.
§
Um ano pode contar com 365 dias
Mas num dia, poderás contar a história de toda Vida
Com a riqueza do que foi gerado
Pela conta dos dias passados
Que nunca se repetem
Pra você guardar!

Feliz novo Dia
Feliz novo Ano
Feliz da Vida!!!

sexta-feira, 24 de dezembro de 2010

A Perfeição Desejada


Neste Natal e Ano que inicia, entre tantos desejos e costumes,entre presentes abraços, futuro promessas,comemorações e tantas festas, ouso desejar-te a perfeição.

Não aquela meramente organizada, pré definida, pratica_mente acabada, mas aquela que nasce do momento, com aquela cara de improviso, onde menos é onde mais... preciso.

É uma tarefa de esforço contínuo, nascida do ponto máximo da condição de cada um, com otimismo e na fraternidade, com a obediência do corpo que segue à Luz da Alma.

Perfeição que permanece na vontade de ser Feliz, e de fazer Feliz a partir do seu próprio coração quando se conecta com o coração de Deus, permitindo que sua força se manifeste Perfeita_Mente, em cada simples situação.

É um desejo que espero te alcance, como parte de uma corrente de prosperidade, irradiando Paz, sabedoria e Amor, para todos ao teu redor, e além de ti

FELIZ NATAL


Image: Internet
Autor: Unknow




terça-feira, 21 de dezembro de 2010

Sal Céu e Mar...


O Sol d'agua
O Céu via
Como sal que brilhava
Era o Mar que chamava
Então chorou o Sol...
Como quem perde um irmão
O sal deu-se ao mar
E deste amor
Sal, Céu, ardor...
Banhou-se a terra
Que n'agua
jaz...


Image: Espelhada
Autor: Dino c

segunda-feira, 13 de dezembro de 2010

SemeAmor


Fechas portas e olhos
Segura_mente...
Abre as mãos
Veja_se nelas
Repousa o teu Amor
Que semeado vira céu
Bem cuidado vira terra
Abençoado vira Flor

Image:Gerânios
Autor: Dino c.

sábado, 13 de novembro de 2010

Razão e Emoção


Hemisférios de um mesmo mundo

Num, tudo existe

Noutro, tudo passará...


A razão mantém a chama...

Que a emoção concebe e clama

Viva_Mente, nosso lar...


Sendo da razão a terra

Leva à emoção o mar...


Navega quem se emociona

Colhe quem planta a terra

Participam...

E assim será!


Distantes perdem a identidade

A razão perde o sentido

A emoção perde a graça...

À expressão deixa estar!


Cumpre-se assim a forma

Que em pensamento

Foi verbo de outrora

E como parte...

Façamos nossa

Vossa Paz


Image: Fita e Bela

Autor: Dino c.

Tema proposto por Andréa Orasmo

no Facebook.



segunda-feira, 1 de novembro de 2010

Antes daqui


Vi as nuvens
E passei...
Vi o Céu inteiro.
E o mundo partindo dele
A Flor da criação jazia serena
E minhas mãos eram mensagens
Apenas...
Mas seu perfume...
Seu perfume pôs meus pés no chão
E num segundo passei então!
Vi o homem ferido...
Do anjo "ser" surgido
E assim
Apaixonada_mente...
Ecoa até hoje
Minha nossa decisão...

Image: Nuvens
Autor: Dino c
Inspirado no Vídeo (Lamb- Gabriel)
Obrigado a Norma, do Facebook

sábado, 30 de outubro de 2010

Opostos que nos tocam


Deixa-me dizer o quanto ainda vives, apressa-te em teus movimentos, pois se parado estiver, perder-se-a em ti. Compreenda a passagem do dia como se nele morresse de um oposto, e assim, renascesse noutro...

Deseje a mesma lição todos os dias, mas retire dela o sumo prazer da Alegria, diga isso com um abraço, o resto....deixa estar, eu faço.

Corresponda ao zelo da amizade, congratule-se sem muito se dar à atenção da ansiedade, coitada, ela é muito velha, cunhada da vaidade...

Pretenda de tudo um pouco, mas não se faça nisso deixando-me louco....

Não há razão para ter medo, pois diante da vida, são tão pequenos os meus... os teus, segredos.

Importe-se com o trabalho, pois só ele salva, acredite, não há atalho...

Pequenas e grandes decepções são como expandir, esticar, contrair a vista de um certo ponto, não alteram um rio, não perturbam rochedos.
Não existe mistério só, em nossa alva lágrima...Alma...
Há sim o eterno, de mar a Amar, eis aqui um segredo...

Hoje espiei minha vida por uma fresta tão pequena, esforcei-me tanto para ver o que valia a pena que quase se foi o dia, sem que eu visse a cor do céu, sem que eu sentisse o calor do que fazia...

Mas agora, de onde vejo, existe um Céu, a redonda lua que reflete o Sol, uma estrada aberta, pessoas, conversas, crianças, promessas....
Passagens calmas, sem conta e sem pressa.
Existe o perdão, a gratidão, do conselho à razão, existem amigos, e mais, um bloco de notas que me vê como espelho....
Pesando cada palavra, às custas do que me desafia, ele que o diga , vivo porque sou passageiro, porque se fosse eterno... só...sonharia




Image: Espelho (Parque Bacacheri, Curitiba)
Autor: Dino c.
D.A





quinta-feira, 21 de outubro de 2010

Aconteceu no Café do Lado



Clima frio, céu nublado, mas sem aquela ameaça curitibana de chuva e frio improvisado. Cheguei 17:45 depois de uma pedalada de exatos 12,9km com razoável vento de proa. Fui atendido por um moço calmo cujo nome ainda não sabia, pedi o cardápio e aproveitei para tirar algumas fotos. Neste momento contemplava as belezas do lugar, que é maravilhoso, cheio de sabores perfumes e significados. Logo que apercebeu-se na disponibilidade, aquele moço com nome de profeta fez um comentário interessante, falou que era de Santos e que la não é um bom lugar, fiquei um pouco surpreso com a afirmação e acabei respondendo que todos os lugares são bons, ou maus, só dependendo do olhar que se toma deles.

Falei sobre quem é que faz a violência e o desassossego acontecerem, e ele argumentou que este lugar atual é muito, muito calmo, que depois da 18:00 não tem viva alma nas ruas, disse isso com um certo ar de desapontamento.

Foi a deixa:

- Então por que você não vê o lado bom da coisa, da pra sair pelado correndo sem perigo...não da?

- Não da não Sr. Aí alguém vai ver e perceber!

-Viu como não é assim tão só como aparenta?

-Rimos dos dois extremos...

Assim que o moço saiu, um Senhor que estava sentado ao lado disse baixinho: Nesta idade a gente não sabe o que quer!

E será que nós sabemos?... rs

Terminei meu café acompanhado de uma deliciosa torta integral com banana, peguei a magrela e voltei para o apartamento da Marli. Em tempo, levei uma fatia da delícia que é o lugar...

Moral da História:

Todos os lugares são bons, o que transforma um lugar são os pensamentos, e as pessoas!



Image: Porta Iluminada

Autor: Dino c.

Estrada para Porto Belo SC

10/10/2010

terça-feira, 5 de outubro de 2010

Luz da Luz



.....Se tocas a Luz que há nas coisas
Estas distante da mediocridade.

.....Se tocas a Luz que há nas pessoas.
Estas distante da maldade.

.....Se tocas a Luz que há em ti.
Então estas mais próximo de Deus!


Image: Serenidade
Autor:Dino c.

segunda-feira, 4 de outubro de 2010

Guarda-me



Existe uma espécie em atenção.
§
Que vaga a terra...
Lembra-te nela, verde e bela.
Espécie livre, era.
Digna e brilhante
Princípio e Céu.
Espécie semente
Luz sem véu
§
Viajante sem nome
Promessa Celeste
Senta e observa.
Reza...
Protege veste e guarda
Eu, tu, nosso, vosso nome...
Anjo meu
§
Amém!


Image: faça-se o templo.
Autor: Dino c.

sábado, 2 de outubro de 2010

Palavra Cega







O mero dito, sem fé, é reflexo
Silenciando o outro de ti, que há no centro.
Contudo o não dito, por certo...
Para além do mais...
Faz-se ouvir
No passo seguinte
Passo à Paz!

Image: Nicho Mágico
Autor: Dino .


domingo, 19 de setembro de 2010

Aja!


O quê, há na vida!
E o mais, que se passa,
passa menos, fica nela.
Aja... Vida
Haja Graça!!!


Image: Fog
Autor: Dino


quarta-feira, 8 de setembro de 2010

O Signo da Prosperidade




Em nossas vidas originais
Respeitados o caminho e o caminhar
E prestando-lhes o devido valor
Nos encontraremos com ele.

Por vezes nos parecerá impróprio, ou desprovido.
Contudo, por sua justeza e forma , estender-se-á para além dos nossos...
E a propósito, entre tantos feitos, mais uma vez
Em "voz"...Estará!

Por tratar-se de matéria ja vista.
O pleno de Alma e Espírito o reconhecerá completo...
E assim, cada um, distintamente, distribuirá o que carrega.

A criança, servira ternura
O exceto, desculpas.
O devedor, seu fardo
A criatura, existência
O Sábio, a escolha...
O Cego, o olhar.

É a consciência à Luz da oportunidade.

Generosa_Mente
Esculpida
Primorosa_Mente
Escondida
No passado
Sem Par...


Imagem: 8
(serie micro fotos)
Autor: Dino Canalli







domingo, 15 de agosto de 2010

Margens


"...Por mais que me separe
Divida-me a ponto de partir.
Encontra-me
Insista no imprevisto
E assim, tendo me encontrado
Unindo Futuro
Presente, passado
Liberta-me
Sorrindo..."


Image: Margens
(Parque do Bacacheri)
Autor:Dino c
dav

segunda-feira, 9 de agosto de 2010

"A Origem" da Realidade



" A realidade é o sonho Estável"

Esta frase me ocorreu ao sair do cinema ontem
logo após o filme "A origem"

Tente responder a estas simples questões:

Lembra-se como chegou até aqui?
Tem certeza disso?
De onde você veio, para onde você vai?


Nossa realidade é feita de blocos supostamente concretos, mantidos íntegros às custas das constantes vibrações de uma energia cuja "Origem" pouco compreendemos.
Assim também é nossa imaginação, ilimitada, não vê fronteiras, e neste meio, uma idéia bem instalada pode desencadear o fator multiplicador na mente individual e coletiva, como efeito dominó.

Será o espaço quintal dos Sonhos?
Será o tempo intervalo entre um sonho e outro?
Você ja aprendeu algo importante num sonho inusitado?
Será necessário matar a realidade para acordar?

Estas perguntas me acompanham a tempos...

Os componentes impressionantes neste filme começaram a incomodar quando troquei o termo Sonho por Virtual. Estamos caminhando para um Onirismo sintético, atestado por mentes hiper acordadas desimpedidas de tempo e espaço, potenciais possíveis e aceito pelos cientistas de ponta, e muito bem aproveitados pelos controladores de plantão.
Então:
Qual será o elemento mais bem guardado do seu Sonho?
Qual a idéia que pode ser implantada sem que perceba a mudança?

O cenário esta ficando pequeno para tantos atores, não é mesmo?

O que fazer então...

Podemos sim recriar nossa realidade com base no potencial de nossa mente criativa, usando os blocos disponíveis na arquitetura do universo em níveis cada vez mais complexos, mas tomando cuidado com os paradoxos do mundo virtual, cuidadosamente estudados para ocupar o lugar do que foi um dia "natural"

Veja a "Origem"

E tenha uma boa "Idéia"


Image: Um quadro
do filme
Autor: Unknow






sábado, 7 de agosto de 2010

Sou Pai



Mas que Pai sou?
Compreensivo e distante?
Presente ou errante!
§
Ou serei...
Herói por acaso
Na hora certa
No lugar combinado...
§
Pai e Filho
Experimentam
Cada um o seu gosto
Construído E_motivo
Feito e proposto
§
Assim
§
Tudo fica compreendido
Se abraçados nesta cena
Vivemos em nós esta paixão
Pai filho e Espírito
Natureza, Mãe e Mente
§
Felizes para Sempre!!!
§
Eterno Coração

segunda-feira, 2 de agosto de 2010

Um certo "se"


Amar!
Amar-se...
Entender
Entender-se...
Partir
Partir-se...
Abrir
Abrir-se...
§
Perder
Perder-se...!!!
§
Antes de tudo
Tem um certo
Se...
§
Para se compreender
Que renascer
Nasce...
Primeiro
Em você!


Image: Parqeu Bacacheri
Sab. 31/07/2010
Autor: Dino c
D.A.

sexta-feira, 30 de julho de 2010

Beleza Azul




O que pode ser mais Real
Que a Natureza vestindo o Céu
Feito no véu, que nos conduz...
Derramando-se
Deixando-se...
Desenhado em meio a Luz
§
E no deserto que há neste Céu
No Mar que há no Azul
O olhar... de uma só lágrima
Tão Real, pequena e pálida
Em sua Paz... me seduz
§
Paciente
Consciente...
Atento!
Em meio ao todo
Invisível, e de acordo
§
O Amor de Deus
§
Nos traduz!

§



Image: A ponto
Autor: Dino c.
Music: marco Polo
Lorena Mckennetti

Homenagem ao dia de Sol
Que se fez hoje...
Que de tão Lindo e forte
Não fosse o Norte
De uma certa sorte
Deixaria tudo
Correria nú...


quarta-feira, 21 de julho de 2010

Poema de Olhar




"Deixe a dor...Mas deixe comigo
Porque eu sei dela
Porque sou mais forte
Porque sei disfarçar melhor
De muitos modos, ela ja me conhece
Somos Velhos
E também conhecidos
Nascemos quase ao mesmo tempo
E no entanto, as vezes, me distraio dela
Pensando escondido...
Tantas vezes
Derramei-me pelos campos, cheios dela
Devotei tantas palavras, olhando pra ela
Adormeci em prantos, por ela
Então aprendi cedinho
Que as lágrimas eu seco sozinho
Com o Vento que vai passar
Como fazem os passarinhos
Sem ninguém que possa ver
Sem tristeza no meu Olhar"


Dedicado a: Helena
Image: À Luz
Autor: Marli de Meda

sexta-feira, 9 de julho de 2010

Espelho In_verso


No espelho
Inconformado
Passa o dia
Às mãos da noite...

Não perde por passar
Ganha em intuição
Vira verso
Acaba em canção.

O que me ocorre agora
Em meio ao ocaso
É o que restou...

Crio espaço e jeito
desamarro o feito
Aprendo a lição e vou...

Coisa frágil, perder-se de tudo
No seio do teu coração
Que num dia era só Céu
E noutro... só senão

Assim...

Enquanto a noite fria
Perde a ousadia
...e de tão cansada...
Cede espaço ao dia.
Sigo sendo !
Em Eterna comunhão...

Image: Lua no Lago
Autor: Dino c
D AV

quarta-feira, 7 de julho de 2010

As Vezes




Mas só as vezes
Acho que todas as palavras ja foram ditas
Que todas as lágrimas ja foram derramadas
Que tudo ja fez sentido...

Então acontece uma voz
E faço de conta que não a vejo
Fecho os olhos, de tanto desejo

Quase posso voar

Respiro profundaMente
Repito seu nome solene
Como uma só oração
Ainda estou Vivo...

Eis a Beleza...
É a nossa Canção!

Image: Transformação
Autor: Marli de Meda

domingo, 4 de julho de 2010

À Luz do Coração



§

A porta esta entreaberta
No centro, à chama
Ela, encontra-se serena
Não conta as horas
Nem eu...
Mantém-se acesa
Mas Dividida
Entre o calor do Viver
E a Luz do Ser!
.

Então parte dela
.
.
.
I
...Sou EU!...
I
.
.
.
.
.
.
Image: À Luz do Coração
Autor: Marli de Meda

sexta-feira, 2 de julho de 2010

Um Pequeno detalhe


Surpreendente...
Assim por vezes se apresentam as condições. Algumas adversas, outras cheias de amparo invisível. Aconteceu direitinho, desta maneira:
Andava o homem com dificuldade, carregado com suas ferramentas de jardinagem, apoiado somente por um carrinho de mão. Morro acima, morro abaixo, segurando aqui, quase caindo ali, tateando no que lhe aparece como normal. Mas eis que na hora que tinha que ser, o carrinho quebra, provocando uma parada completa num trecho estreito e pouco usado. O que fazer senão Rezar enquanto usa uma pedra como martelo e Deus como interlocutor? Passados alguns momentos daquele infortúnio, vê um bicicleteiro (termo muito usado aqui....) vindo ao seu encontro, na impossibilidade da passagem tenta mover-se, algo em vão, pois o ciclista que vem rápido olha-o notando a dificuldade e instantaneamente muda de direção para o meio da movimentada avenida, desvia dos carros e para no local que lhe pareceu mais seguro. Olhando com mais atenção para o Senhor e seu carrinho de Mão quebrado, vê-se paralisado e com uma pergunta um tanto estranha:
-Senhor, pode vir até aqui?
-Sim, em que posso ajudar...
-O Senhor é um Homem de Sorte?
Sou sim, respondeu o Homem sorrindo seu sorriso banguela mas Iluminado pela sinceridade.
-Pois acho que é mesmo! Olhe para baixo, bem aqui ao lado do meio fio da avenida. O Senhor Vê?
-Meu Deus!!! Com isso e mais uns trocados posso comprar um carrinho novo...
-Pois é a sua oportunidade, vá em frente, esta aqui por você!
Havia um bom dinheiro bem ali, que alguém perdera, mas que dali em diante faria a diferença.

O ciclista foi embora quase tão depressa quanto chegou, não sem antes ouvir " Deus lhe Abençoe e pague", e não sem antes pensar profundamente no significado da palavra "ESPERANÇA"

"A Fé que espera, e que sempre alcança"


Um Jardim sem Dono


Assim deveria ser nosso Coração

Enfeitado em Festa

Aberto e disposto


Contemplado pelos Idosos

Comemorado pelas Crianças

Cultivado pelos adultos


Por seus Mistérios seria explorado

Por seu perfume, imitado

Por sua Cor, chamado...


Dele, tudo renasceria

Sem falta e sem pressa

Da vontade ao sentido


Haveria tanto neste espaço

E tão pouco a ser dito

Que viveríamos....Sorrindo


Eu entraria no seu Jardim sem pedir

O mesmo seria perfeito!

Nosso mensageiro seria o vento...


Nosso amigo

Chamar-se-ia

"Tempo...."


Passaríamos as tardes com ele

E Juntos, seríamos tudo

Sendo tão somente

Isso....!


Image: Jardim de minha Casa

Autor: Marli de Meda


sábado, 26 de junho de 2010

Imagem trêmula




A face na água acontece

Agito as mãos, e tudo isso

Olhos no espelho... ha dois lados

Duas imagens, uma saída

Se uma parte, também a outra

Se uma nasce, da à outra vida.


Ela aparece, e se afasta...

Do ponto na imagem trêmula

Insiste, disfarça.

No modo como toquei-lhe a face

Na forma que acha graça.


Por agora, há vento forte

Navegue, pra dentro donde veio

Não há mais sinal ou Real conselho

Logo o Céu estará calmo

Outra imagem haverá no espelho!



Image: Contas

Autor: Dino c

Music: Go

sexta-feira, 18 de junho de 2010

Memorias de nossas margens


Limites invisíveis que se tocam como a Terra e o Mar
Dividindo e compartilhando cada laço de cada passo
enquanto roubam de si um pouco da própria existência
Aparentemente, particular.

E na aspiração constante de nossas Mentes
Absorvem-se as idéias, formam-se percepções.
Padrões de ondas erguem-se com a força da nossa criação
margem vai, margem vem, desejo vão... desejo vem...
trazendo algo mais, levando algo além...

Sensações delicadas e sutis como a espuma do mar
deixada na areia de passagem, sem pressa, sem bagagem
contornos delineados em cada um, lágrimas derramadas ao caminhar

E uma vez que cada um é como uma pequena ilha num Oceano Cósmico
e nossos sonhos fazem a cor da água, a profundeza do leito, a natureza ao redor...construímos... desde um Mar agitado a uma porção serena e bela, onde quem chega, se gosta, e não quer mais deixar.

Mas não somos o Mar, pois o mar é manifestação divina
na respiração contínua deste Eterno...
Somos estas ilhas, cheias de sonhos, e as memórias são nossas margens
Tortas margens, nossas margens
querendo se tocar...

Um dia seremos um só continente, num único Oceano
A que chamaremos
Finalmente!
Nosso Lar!


Image: Lago de Sol
Autor: Dino

segunda-feira, 14 de junho de 2010

Alice






...Alice possuí um Mundo Maravilhoso, mas ainda não o conhece.
Mesmo desfrutando da diversidade na Aristocracia local, Alice
pensa algo mais...e sonha nisso!
Mas o que ela não entende passará ao seu Mundo invertendo a Lógica do causal e do temporal.
Alice verá assim diante do Espelho, e para descobrir quem é, precisará entender no que esta se tornando.
Duvidará de sua imagem mas não do seu Mundo, que tem caráter Super Real, enfrentará um medo de cada vez, e de posse de sua Natureza Maravilhosa, dominará a Maestria da Coragem...

Mas antes desta percepção, ainda meio confusa, Alice precisa ser purificada, o que "tenta" o gato ao aparecer flutuando por sua imaginação, e o que de fato faz o Monstro, que ela por fim perdoa...

"...Quem....você....é....?
Por que você as vezes é tão grande, e as vezes tão pequena...?"
Por que eu não acordo logo...?
Qual a pergunta Certa?


Investir resposta à pergunta, e em certa_mente, refaz o produto dos elementos da própria verdade, que pode mostrar-se meia... ou pouca...
Alice em sua aventura, liberta e usa os arsenais da percepção, analogamente mantidos em cada um de nós, de certa forma, em outra não...
Liberta para a Vida! Liberta para o que virá a Ser!
-Você é agora a imagem e semelhança do que tenciona ser, mesmo que ainda não o seja, é o paradoxo de um Mundo em formação, onde só não existe aquilo que você não acredita.
Assim, Alice em seu Mundo Maravilhoso convida-nos a seguir o Coelho com seu recado inconfundível a que não percamos tempo e menos ainda a Coragem de fazer o que a Nós esta destinado, do nosso modo, em nosso próprio Mundo, provando o Chá da Vitória e sorvendo o perfume da transformação.
Distrair-se de seu Mundo faz com que ele congele, atrasando o próprio progresso.
Rainhas descontroladas, malfeitores, mercenários e monstros adormecidos sempre existirão, assim como a saída pelo alto de cada problema ou dificuldade.

Quem tem a Cartola que o diga, quem tem a Espada que o Faça...



Image: Gato risonho
Autor: Unknow

Music:Memory of your Shores



sábado, 5 de junho de 2010

Das letras e dos números


As letras e alfabetos contém números, e deles surgem Universos completos, as palavras e todo SOM.
Os números e seu Universo contém as digitais das Estrelas, donde formam-se as palavras da Vida, da Luz e do Amor Divino.
Somar dividir e multiplicar pertencem naturalmente ao universo dos nossos números e seu balanço ímpar, onde deveríamos ser... UM.
Conjugações regras e afins não são meu forte, pois deste tipo de balanço conheço só o balançar, que feito vento, toca mais que o tempo que divide incessante, sem pesar.
Assim, de letra em letra fez-se o Mundo, e o Mundo pensou o Infinito, que virou num número deitado, distante de seus primos e irmãos de década, mais parecendo uma letra que os próprios versos unidos e inacabados nunca conseguem decifrar...


Image: DomDe Voar
Autor: Dino c.
Barigui Park 06/2010

quarta-feira, 2 de junho de 2010

Uma Caixa para Pandora


Servo de sua vontade, eleito por suas habilidades e força particular, foi ele escolhido para guardá-la.
Desta maneira tudo começou...
Um grande Mágico encomendou preciosa obra, sabedor de sua importância, depositou nela seu devido valor. Ocupado estava com seus atributos pedidos, e por ser muito cuidadoso, de longe acompanhou. Um Mentor foi especialmente designado em auxílio, seguido de perto por uma legião de curiosos feitos. Fui chamado la pelas tantas, fazia idéia do fio e da meada, mas não do rolo de passagens que se apresentavam, observei com atenção, era o que podia fazer até então. Destacados ajudantes e as ferramentas estavam lá, e também a Luz. Pandora deveria ser bela, impressionante e absoluta segundo seu criador, alias, como toda obra humana que deseja copiar os Deuses. À medida que era feita, novos traços ver-se-iam nela, o que se dizia, era mais. Pretendi que de minha parte nela veria o Brilho, e dele, a forma. Pandora cresceu desobedecendo o tempo, e seu criador pôs-se a pensar. Mantive a palavra, a mesma que dera ao chamado do Mentor, por duas vezes quase desisti, só não o fiz em sua honra. O Futuro para ela estava traçado, e nós, efêmeros ajudantes, perto demais para desistir, certos demais para errar. Percebeu-se o fato, Pandora seria mesmo assim, faria parte no caminho e na terra. Como presente, seguiu acompanhada de uma caixa bem fechada contendo todas as surpresas que hoje conhecemos bem, mas àquela altura, ainda não. Seu merecedor a recebeu com muito prazer, completamente satisfeito dos fins. Curiosa por toda sua Natureza, por varias vezes olhava a caixa proibida. O simples poderia ser assim, mas a caixa não o era, e foi aberta deixando sair as qualidades guardadas dos homens e suas Vontades, restou-lhes contudo a esperança, quando Pandora deu-se conta, ela ficou presa...

A figura de Pandora, seu Criador, seu merecedor, as penas impostas e a caixa encerrando toda sorte e todo azar na exata medida, servem com justiça e folga em toda obra por nós concebida.

fazer - merecer -fazer - deixar-se - fazer, com todas as dificuldades e Glórias, e por todo lado, compreender que a Esperança embora vaga vista, presta-se à presença.

Pandora vive em todos nós, assim como vive a sua curiosidade !



Image: Brilho fundo
Autor: Dino c



segunda-feira, 24 de maio de 2010

Jardim Secreto




§

Sou meio, e tudo isso passado
Sem fim são meus, pensamentos...
Alados
§
Mas teus olhos, ainda vêem...
E eu o mundo
Calado!
§
Gira como as folhas, ao vento...
trazendo perfume, por tudo!
Um silêncio...
§
Crescendo
§
Sou eu, meio, caminho...
E tuas mãos, minhas mãos
Canção, sozinha...
§
Sou mesmo eu, passos
Por tudo isso
Tu és, meu, Abraço
§
Sou tanto, e nada mais
no entanto
quanto mais
§
Sou eterno
És Eterna

§
Escute!
§

À
Paz

.
.
...Levanto...
.
.
.


Image: Gotas de Paz
Autor: Dino c.
Music: Un De Toi

Dedicado a: A V
Eternamente

terça-feira, 18 de maio de 2010

Impressões II

.

.

§

Pensa tua Alma
Pesa teu Espírito
§
E neste meio
Observa os Céus
§
Na terra de onde veio...
.
.
§
.
.
.


Image: Construção de Cristal
Autor: Dino c.